Italian pharmacy online: cialis senza ricetta medica in farmacia.

CapacitaÇÃo de professores para uso de tecnologias de informaÇÃo e comunicaÇÃo como uma estratÉgia para reduzir a evasÃo em cursos de graduaÇÃo

O USO PEDAGÓGICO DE RECURSOS TECNOLÓGICOS COMO ESTRATÉGIA PARA
QUALIFICAR O ENSINO E CONTRIBUIR PARA A REDUÇÃO DA EVASÃO NA
EDUCAÇÃO SUPERIOR

Línea Temática 2. Prácticas para reducir el abandono: acceso a la educación superior,
integración a las instituciones e intervenciones curriculares.
Resumen. Atualmente, as Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) têm assumido
um papel importante nos processos de ensino e de aprendizagem, tendo em vista as
possibilidades que oferecem em termos de acesso à informação e de interação entre
professores e alunos e entre os próprios alunos. A tecnologia não deve ser utilizada como um
fim em si mesmo, mas como um meio através do qual os professores possam desenvolver
propostas pedagógicas que estimulem tanto o protagonismo do aluno na busca pela
informação quanto a colaboração entre os alunos para a construção do conhecimento. Deste
modo, é importante que o professor faça uso das tecnologias em suas práticas pedagógicas.
Neste artigo apresentamos uma experiência de capacitação de professores que envolve a
inserção de recursos tecnológicos no procedimento didático denominado estudo de caso. O
estudo de caso visa desenvolver a capacidade de análise de uma situação concreta e de síntese
de conhecimentos construídos, sendo amplamente utilizado em várias áreas do conhecimento.
A capacitação foi realizada com um grupo de professores da Pontifícia Universidade Católica
do Rio Grande do Sul, no âmbito do Projeto Laboratório de Tecnologias para Aprendizagem
em Rede (LabTEAR), em seu subprojeto Labs Móveis. Entendemos que ao capacitar os
professores para o uso pedagógico das tecnologias, estamos contribuindo para aproximar o
professor da cultura tecnológica dos alunos e fortalecer o papel do professor como mediador
dos processos de ensino e de aprendizagem, buscando, assim, a redução da evasão nos cursos
de graduação da Universidade.
Palavras Chave: Evasão, Capacitação de Professores, Tecnologias de Informação e
Comunicação, Estudo de Caso.

1 Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática 2 Faculdade de Informática 3 Faculdade de Educação 4 Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática 1 Introdução
2 O uso pedagógico das Tecnologias de
Informação e Comunicação (TICs) no

ensino superior
preocupa muitas instituições de ensino superior brasileiras. Trata-se de um fenômeno Na sociedade contemporânea, interconectada complexo, que envolve inúmeros fatores. viabilizadas por recursos tecnológicos cada instituição como, por exemplo, a dificuldade vez mais aperfeiçoados, espera-se que a que alguns estudantes apresentam de conciliar o estudo com a jornada de trabalho, fazendo com que muitas vezes tenham que abrir mão Tecnologias da Informação e Comunicação da formação em nível superior para garantir o estão incorporadas ao cotidiano da academia, tanto na produção quanto na difusão do conhecimento, de forma cada vez mais Outros fatores estão relacionados diretamente à instituição. Dentre eles podemos mencionar as práticas pedagógicas desenvolvidas com os Ito et. al (2009) apresentam alguns conceitos estudantes, que podem contribuir para que que caracterizam a maneira como os jovens sintam-se motivados e desafiados a prosseguir a sua trajetória acadêmica ou, ao contrário, Dentre eles, podemos destacar a ecologia das novas mídias e as redes públicas. Por novas abandonando seus cursos e evadindo-se do mídias os autores entendem a maneira como os meios mais tradicionais, como livros, televisão e rádio, estão interconectados com Estudo recente realizado com um grupo de os meios digitais, especialmente as mídias interativas e redes online de comunicação social. A palavra ecologia é utilizada para influência na evasão dos alunos estão enfatizar que as atividades realizadas pelos relacionadas à satisfação com relação ao jovens estão dinamicamente conectadas com curso, bem como a aspectos relacionados à as tecnologias. Em relação ao termo redes públicas, os autores descrevem a participação questões financeiras. (Casartelli et al., 2012). divulgação da cultura e do conhecimento. Nesta perspectiva, a busca da qualidade do O uso de tecnologias nos processos de ensino ensino e a oferta de espaços de formação e de aprendizagem aproxima professores e continuada aos profesores são compromisos alunos, mantendo o foco no esencial que, de assumidos pela instituição que preocupa-se com a permanência e com o êxito de seus pedagogia, que favorece ao mesmo tempo as O presente artigo apresenta o relato de uma experiência de capacitação docente para o uso aprendizagem coletiva em rede”. Não basta, pedagógico das Tecnologías da Informação e portanto, equipar a universidade com recursos Comunicação (TICs) que buscou contribuir tecnológicos, é necessário promover a para a qualificação da prática docente e, inovação da prática pedagógica, alicerçada no consequentemente, para a permanência dos desenvolvimento de novas abordagens com a Várias são as ações em desenvolvimento na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) para estimular o uso pedagógico de TICs na aula universitária. os sujeitos, favorecendo a interatividade em Dentre elas destaca-se o Projeto Laboratório de Tecnologias para Aprendizagem em Rede aprendizagem: o protagonismo discente é produzir metodologias que incorporem o uso produções e fortalecido com a criação de colaborativa, conectando a aula universitária - Insterdisciplinaridade e formação integral: as práticas multi/interdisciplinares orientadas pela perspectiva da humanização fortalecem a laboratórios de TICs para qualificar a gestão da aula universitária na Universidade; utilização de TICs, em consonância com o objetivo geral elaborar, aplicar e avaliar Projeto Pedagógico Institucional e com os estratégias de ensino adequadas ao uso de objetivos estratégicos da Universidade; tecnologias na aula universitária. Participam investigar as repercussões das propostas pedagógicas elaboradas tendo em vista sua dispositivos móveis (tablets ou notebooks) e indicaram representantes para integrar-se ao referido projeto e participar das reuniões de Princípios da Mediação Pedagógica (Freitas, estudo quinzenais, com vistas à elaboração, Lima & Grillo, 2012), expressos pela aplicação e avaliação de estratégias de ensino que utilizam de dispositivos móveis como apresentados de forma resumida a seguir: - Presença pedagógica e aprendizagem: a As avaliações periódicas realizadas pelo situações de interação com vistas à mobilização do aluno para a aprendizagem. subprojeto LabsMóveis permitem sistematizar - Ensino e pesquisa: o ensino orientado pela algumas compreensões que são orientadoras pesquisa se realiza por meio da aprendizagem da continuidade do trabalho. Dentre elas, pode-se destacar que a intensidade com que as tecnológicas têm se incorporado ao cotidiano dos acadêmicos repercute nas relações de ensinar e de aprender. O fato de que muitos - Autonomia e diálogo: a autonomia, como constrói por meio do diálogo entre professor e tradicional asimetria das relações entre ambos, caracterizada pela desigualdade na - Avaliação e corresponsabilidade: a avaliação apropriação do conhecimento específico. O formativa comprende a tomada de consciência domínio tecnológico altera tal assimetria em sobre o processo de aprendizagem, com vistas recursos de acesso ao conhecimento. Isso se torna mais explícito quando a ação do professor se limita à apresentação de proporcionam alternativas de interação entre informações, de forma oral ou escrita, já que as TICs diversificam e podem intensificar as ensino/aprendizagem e novas abordagens para posibilidades de acesso aos conteúdos, de a extensão comunitária” (UNESCO, 2009). Dentre as ações desencadeadas pelo projeto, Outros aspectos evidenciados na análise da interação que ocorre entre professores e Tecnologías da Informação e Comunicação Informação e Comunicação, bem como nas oferecidas aos docentes da Universidade. interações ocorridas entre os estudantes, Envolvem, entre outras, oficinas, cursos a sugerem posibilidades de aprofundamento de partir de demandas específicas e ciclo de estudos. Dentre eles, destacam-se: a dispersão inicial diante da novidade do equipamento e docentes e promover o diálogo sobre temas relacionados ao uso de tecnologias na aula interações; a complementaridade das relações disponibilizadas publicações sobre o tema, na Na Pontifícia Universidade Católica do Rio possível afirmar que as diferentes realidades Grande do Sul (PUCRS), a inserção e/ou contribuem para acentuar as diferenças que caracterizam os estudantes. Está cada vez universitária se justifica como foco do mais difícil se sustentar a aula como uma proposição única, organizada a partir de um pressuposto “padrão médio” de importante de aproximação da cultura aproveitamento; a necessidade de contemplar acadêmica com a cultura dos estudantes que, cada vez mais, utilizam-se das TICs para o estabelecimento de relações interpessoais e desafio que emerge de tal discussão é o de para a busca de informações. Acredita-se que fazer uso das TICs para assumir a diversidade o uso pedagógico dos recursos tecnológicos como um componente planejado na ação do pode contribuir para ampliar a aprendizagem, educador. Esta perspectiva corrobora com a criando possibilidades de interação que afirmação de Davidson e Goldberg (2010) de flexibilizem os tempos e espaços das relações que não existe uma aprendizagem padrão Consequentemente, busca-se assim contribuir para a permanência dos estudantes na proposta institucional para responder aos desafios inerentes ao diálogo entre as A seguir, apresenta-se um breve relato de um Tecnologias da Informação e Comunicação e curso de capacitação docente oferecida a um a docência no ensino superior. Alinha-se às grupo de profesores da Universidade. O tema abordado foi o estudo de caso com o uso de comunicado final da Conferência Mundial recursos tecnológicos como procedimento sobre Educação Superior, realizada em Paris no ano de 2009. O referido documento indica a inclusão, na agenda da educação global da sociedade do conhecimento, de “polos e redes de pesquisa de excelência, inovações no
3 O estudo de caso com o uso de
Tecnologias da Informação e Comunicação
aluno puder assumir-se como protagonista no como procedimento didático
processo educativo, mais chances terá de motivar-se para o estudo e envolver-se nas ensino bastante rico, que possibilita diferentes análises realizadas pelos participantes de acordo com seus conhecimentos e Os dados apresentados na figura a seguir experiências, sem necesariamente chegar a corroboram essas ideias, ao evidenciar que uma solução única e convergente. Tem como quanto mais ativa for a participação do capacidade de análise de uma situação aprendizagem, maior será a sua apropriação procedimento busca-se, também, possibilitar utilizadas com bastante frequência, são as que aos alunos a interpretação de situações- problema e a construção de hipóteses de aprendizagem por parte dos estudantes. Por solução, bem como desenvolver a habilidade outro lado, aulas nas quais o aluno assume o de expressão, de tomada de decisões e de protagonismo como, por exemplo, discussões argumentação (Grillo & Gessinger, 2008). em grupo, aulas práticas e atividades em que o aluno precisa ensinar aos colegas são as que As aprendizagens desenvolvidas a partir de pensarmos que, em sua vida profissional, o estudante sempre terá problemas novos a enfrentar, cujas soluções ele não levará Fig. 1 – Índices de retenção e modalidade de aprendizagem prontas da sala de aula, mas deverá construir. Nesse sentido, o estudo de caso é um procedimento didático bastante útil, pois possibilita o estudo de situações diferentes, mas que servem de exemplo para o que irá encontrar no campo profissional. Os conhecimentos construídos servirão de referência para os problemas que encontrará, que provavelmente serão singulares. Segundo Schön (2000), ensinar o aluno a tomar decisões em situações de incerteza é o desafio que se apresenta ao professor. No entanto, isto é justamente o que ele não pode realizar, uma vez que as situações que o aluno Fonte: Investigação realizada pelo Instituto Bethel de aprendizagem, citada em RUÉ, J. El aprendizaje autónomo em Educación Superior. Madrid: Narcea, 2009. procedimento didático é uma alternativa para superar a pedagogoia tradicional, centrada no professor, e avançar na direção de uma Com o intuito de problematizar as práticas pedagógicas tradicionais e construir novas professor e objeto do conhecimento. Nesta alternativas, o curso de capacitação oferecido perspectiva, o docente organiza o ensino de aos docentes foi desdobrado em diferentes etapas, todas elas valendo-se da utilização de dispositivos móveis por entender-se que eles 4 Conclusões
O cenário contemporâneo exige a formação contribuir para qualificar o procedimento de um novo profissional, capaz de dar conta didático. A abordagem foi teórico-prática, contando com um momento inicial no qual foi realizada uma exposição dialogada sobre o pedagógica para incorporar as Tecnologias da estudo de caso e seus fundamentos teóricos. A universitária, criando condições para outras atividades práticas com vistas à familiarização formas de interação entre professor e alunos e possibilidades que os recursos tecnológicos formas de apresentar o caso como, por exemplo, por meio de vídeos e de áudios. A ampliação do uso pedagógico das TICs está diretamente relacionada às propostas do Os professores foram desafiados, então, a professor, a sua capacidade de utilizá-las a criar um estudo de caso a ser desenvolvido favor da construção do conhecimento e do com seus alunos, incorporando os diferentes desenvolvimento da autonomia do estudante. recursos tecnológicos explorados em aula e Diante disso, destaca-se a importância de utilizando o ambiente virtual de aprendizagem oferecer capacitação aos docentes para que possam utilizar os recursos tecnológicos em manifestaram sua intenção de colocar em Dentre outras ações que visam consolidar a prática o que foi desenvolvido na capacitação, qualidade dos cursos e contribuir para a por acreditarem no potencial da proposta. permanência no ensino superior, a capacitação Embora ainda não se tenham resultados que dos docentes tem contribuído para o elevado evidenciem se os objetivos foram atingidos, o índice de satisfação dos estudantes com relato de alunos e de professores envolvidos relação à ação do professor, às disciplinas e sinalizam resultados bastante significativos. semestre na análise dos dados provenientes do participam do subprojeto LabsMóveis são avaliadas semestralmente pelos estudantes índices de satisfação dos estudantes, menores que dela participam. A análise dos dados serão os índices de evasão. Por isso, o evidencia um elevado índice de satisfação dos compromisso com as ações de capacitação alunos com relação à disciplina e à ação do docente na PUCRS é um apelo constante e se professor, que pode estar relacionado ao uso renova a cada dia em fução de seu objetivo de pedagógico dos recursos tecnológicos. Para aprofundar a compreensão acerca das contribuições do projeto para a formação dos Referências
estudantes, foi elaborado um instrumento a Casartelli, A. (2012). Um estudo sobre os motivos e fatores relacionados com o abandono estudantil na permitirá coletar dados quantitativos e qualitativos, que auxiliarão na tomada de Davidson, C. N. & Goldberg, D. T. (2010). The future of decisões para a continuidade do Labsmóveis. thinking: learning institucions in a digital age. MIT Freitas, A. L.; Lima, V. M. R. & Grillo, M. C. (2012). Mediação pedagógica na aula universitária. In: Freitas, A. L.; LEITE, L. L. & Lima, V. M. R. (Org.). Ensinar e aprender com TICs: práticas de capacitação docente na PUCRS. Porto Alegre: Ito, M.; Horst, H.; Bittanti, M.; Boyd, D.; Herr-Stephenson, B.; Lange, P. G.; Pascoe, C. J. & Robinson, L. (2009) Living and learning with New Media. Levy, P. (2000). Cibercultura. 2. Ed. São Paulo: Editora 34. Grillo, M. C. & Gessinger, R. M. (2008). Estudo de caso. In: Grillo, M. C. et al. (Org.). A gestão da aula universitária na PUCRS. Porto Alegre: Edipucrs. Rué, J. (2009). El aprendizaje autónomo em Educación Schön, D. Educando o profissional reflexivo. Porto Alegre: Unesco (2009). World Conference on Higher Education: The New Dynamics of Higher Education and Research for Societal Change and development. Comuniqué. Paris, 5-8 July 2009. Extraído em 17 de Julho de http://www.unesco.org/fileadmin/MULTIMEDIA/

Source: http://www.clabes2013-alfaguia.org.pa/ponencias/LT_2/ponencia_completa_84.pdf

costa.co.uk

VOTING OPENS FOR THE COSTA SHORT STORY AWARD! Over 1800 entries received Submissions were judged anonymously Winner to be voted for by public at www.costabookawards.com and announced at Costa Book Awards ceremony Voting opens today and closes at midday on Wednesday 23rd January 2013 Tuesday 27th November 2012 : Voting has opened today for the inaugural Costa Short Story

marylandcolonoscopy.com

Patient Information Sheet For Bowel Preparation I have discussed with you the need for an endoscopic examination of your large intestine. In order for this examination to be completely successful, it is most important that all foreign material be removed from the bowel. By following these directions carefully, you can anticipate a successful bowel examination. Recent studies show that splittin

Copyright © 2010-2014 Pharmacy Drugs Pdf